Innovara Odontologia Moderna

Odontopediatria

A odontopediatria desempenha o importante papel de cuidar e educar gestantes, bebês, crianças e adolescentes para a promoção da saúde bucal integrada a saúde global. Para isso, a avaliação deve ser individualizada, a fim de se estabelecer um programa preventivo personalizado.

Odontologia para gestantes

Tudo começa pela odontologia intra-uterina onde a futura mamãe fará seu pré- natal odontológico, que consiste primeiro em cuidar da sua saúde bucal e em seguida aprender a cuidar e criar bons hábitos para a saúde bucal do seu bebê.

Fases do desenvolvimento da criança

Bebê – 0 a 3 anos

Bebê – 0 a 3 anos

Se a mamãe não tiver feito o pré - natal odontológico, deve levar o seu bebê ao odontopediatra antes do primeiro dentinho irromper, por volta dos 6 meses, e terá as instruções do que fazer para ter uma futura criança sem cárie e com boa saúde bucal.

Criança – 4 a 9 anos

Criança – 4 a 9 anos

Por volta dos 6 anos inicia-se a passagem da dentição decídua para a permanente. Essa é a fase da dentição mista, com constantes trocas e mudanças no padrão da dentição, exigindo uma avaliação odontológica periódica, incluindo exames radiográficos complementares e um cuidado especial com a higiene bucal.

A oclusão nesse período passa por um processo de transformação. Por isso, nesse período, intervenções ortodônticas preventivas e interceptativas serão, muitas vezes, necessárias e adequadamente realizadas pelo Odontopediatra.

Adolescente - 10 aos 19 anos

Adolescente - dos 10 aos 19 anos

A odontohebiatria é uma subespecialidade da odontopediatria, voltada ao atendimento do adolescente e tem como um grande desafio conseguir motivá-lo para o autocuidado, através de frequentes orientações de higiene bucal, a fim de que possa prevenir a Doença Cárie e a Doença periodontal.

A higiene bucal nesta fase pode ficar muitas vezes comprometida pelo menor controle dos pais, falta de regularidade nas alimentações, excesso de atividades e maior tempo fora de casa.

Desempenha o importante papel de cuidar do adolescente de forma integral, estabelecendo uma relação de confiança e motivação para uma boa saúde bucal ao longo da vida.

Em relação às maloclusões , o odontopediatra deverá encaminhar o adolescente ao ortodontista, que tem a responsabilidade restabelecer a função, a estética e até mesmo a auto estima muitas vezes envolvida.

Traumatismo Dentário

Os traumatismos dentários são muito freqüentes na infância e adolescência, podendo ocorrer em ruas, parques, piscinas, escolas, creches e até em casa.As causas são variadas e incluem quedas de superfícies elevadas, carrinho de bebê ou de bicicleta, acidentes esportivos e automobilísticos, agressões físicas, etc.

Os traumatismos dentários causados por esportes, podem ser prevenidos com o uso de protetores bucais, promovendo a proteção de todas as estruturas da boca e reduzindo as conseqüências do trauma gerado pelo impacto.

Mesmo com a ausência de dor ou sangramento, deve-se procurar um odontopediatra que avaliará e acompanhar clínica e radiograficamente os elementos dentários e tecidos moles envolvidos, pois complicações poderão aparecer no futuro.

Doenças Sistêmicas

Bebês, crianças e adolescentes com doenças sistêmicas necessitam de cuidados especiais de uma equipe multiprofissional, incluindo o Odontopediatra, com relevante destaque do seu papel para um planejamento odontológico adequado e seguro. Entre as doenças mais frequentes podemos apontar: Diabetes, Cardiopatias, Doenças Onco-Hematológicas, Doença Falciforme e outras.

Terapia Laser de Baixa Potência (TLBP)

É uma tecnologia que pode contribuir muito como coadjuvante em diversos tipos de tratamento, possibilitando um cuidado especial ao paciente em seus primeiros anos de vida, pois é essencial que o tratamento odontológico em crianças seja eficaz, pouco demorado e o menos traumático possível.

Por isso, a Laserterapia deve ser considerada sempre que os benefícios vindos dessa terapia, como analgesia e as ações anti-inflamatória e reparadora, sejam necessárias.

Aplicações Clínicas

Tecidos Moles

Língua geográfica, erupção dental, pericoronarite, exodontias de dentes supranumerários, frenectomias, gengivoestomatite herpética primária, herpes simples e mucosite oral.

Tecidos Duros

No tratamento da cárie o laser é utilizado como agente anti-inflamatório, podendo promover a formação de dentina reacional.

Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (PDT)

A Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (PDT) é uma modalidade de tratamento em que se utilizam uma luz laser vermelha, um corante azul fotossensível e o oxigênio presente nos tecidos. Por meio de uma reação de oxirredução, radicais livres provocam uma destruição da parede celular bacteriana sem causar resistência, se comparada aos medicamentos de uso sistêmico.

Na prevenção da cárie, possibilita a diminuição do número de patógenos e a diminuição do risco à doença. No tratamento pode ser utilizada possibilitando a paralisação dessa doença, por meio da remoção somente do tecido amolecido e de aplicação na dentina.

Resp. Técnica: Dra. Tatiana Franco | CRO RJ 21630 | EPAO 3695

Altera Centro de Inteligência em Serviços